Siga o Corpo Livre

Bem-estar e autoestima

Danielle Winits expõe a criação solo do filho, Guy, com Jônatas Faro

Publicado

on

Danielle Winits expõe a criação solo do filho, Guy, com Jônatas Faro

Danielle Winits expôs nas redes sociais a criação solo do caçula Guy, fruto do relacionamento dela com Jônatas Faro. A revelação, que surpreendeu muitos seguidores, aconteceu enquanto ela homenageava o menino por seu aniversário de 12 anos.

“Fui fazendo de tudo, guerreira sem escudo, dores em modo mudo. Pro tudo ser colorido. E de onde não vinha cor pintei do meu jeito. Pra que não faltasse o mais que amor”, começou ela, acrescentando sobre a maternidade solo: “Há 12 anos a gente conta a nossa história juntos. Ser mãe solo do cara (não foi à toa que dei o nome de GUY) me fez a mulher que precisei ser ontem”, enalteceu a artista.

Danielle Winits revela que ator faltou aniversário de 12 anos do filho

Danielle Winits e Jônatas Faro foram casados por um ano, em 2010 e 2011. A atriz também é mãe de Noah, de 15 anos, fruto do casamento com Cássio Reis. Depois da repercussão da homenagem para Guy, a atriz desabafou ao falar da situação com o herdeiro. “O texto acaba sendo para as pessoas que acabam passando ou já passaram pela mesma dinâmica familiar que eu passo, de ser mãe solo. Até me surpreendeu, algumas pessoas já sabiam, mas eu estava falando da minha vida. Não estou aqui para doutrinar ninguém, estou aqui para partilhar minha vida”, iniciou ela.

Danielle Winits disse também que está em processo de desconstruir o machismo e relatou a cena que aconteceu no aniversário do menino. “Perguntei para o meu filho sobre as mensagens de aniversário que ele tinha recebido. Por acaso, ele falou da mensagem do pai. E que ele estava fazendo alguma coisa que não podia vê-lo. Não, não foi por isso que ele não pôde ver o pai. A criança não tem que agendar no dia do aniversário uma visita do pai. É o contrário. Somos nós, pais, adultos, que entregamos a nossa disponibilidade, nosso amor, nosso tempo presente”, refletiu.

“Não é culpa deles se eles não receberam um telefone, se ficou só no WhatsApp. Se eles não tiveram tempo porque estavam cantando ‘parabéns’. Então, mamães solo, assim como eu. Não é sua culpa, nunca foi. Filhos, nunca foi culpa de vocês. Nunca será. Qualquer desleixo afetivo tem endereço. E não é o endereço de vocês. Estou fazendo uma observação sobre o meu universo particular, não tenho o direito de fazer julgamentos que não tange a minha experiência”, completou Danielle Winits.

Número de crianças registradas por mães solo cresce

Segundo informações do jornal “Folha de São Paulo”, os dados dos cartórios no Brasil revelam uma taxa maior de crianças nascidas sem o nome do pai desde 2016.  Assim, a porcentagem é maior que os 5,8% do mesmo período de 2019, quando 99 mil recém-nascidos foram registrados por mães solo até julho, o maior número de notificações até então. 

Equilibrar a vida profissional e familiar é um dos maiores desafios que as mães solos enfrentam. Gerenciar várias coisas ao mesmo tempo, não é apenas estressante, mas também podem levar mulheres a sofrer de transtornos de ansiedade e até mesmo depressão. Felizmente, a maioria domina essa arte há algum tempo. No entanto, as dificuldades da multitarefa não podem ser negadas e ainda tem um certo julgamento por parte da sociedade.

Seja por escolha própria ou por acaso do destino, ser mãe solo não é nada fácil.  Por isso, não julgue, ajude no que for preciso e acolha essa mãe que, assim como todas as outras, precisam de uma rede de apoio. Toda família é uma família.

Somos uma equipe de profissionais e colaboradores empenhados em transformar através da informação e da diversidade. Enquanto veículo, queremos construir uma nova forma de dialogar na internet sobre Corpo Livre!

MAIS LIDAS

Copyright © 2023 Corpo Livre - Todos os direitos reservados.